Caixa 2

Eu acho que as pessoas gostam de complicar os fatos para ver se despertam nos outros a preguiça de acompanhar o raciocínio e aí ver se o assunto morre. Eu acho tudo muito simples. Vejamos então: o dinheiro dado a um político vem de uma fonte. A fonte não importa para o raciocínio. Quanto a…

Dinheiro e Proteção

Por que uma pessoa corrupta busca se eleger? Basicamente por 2 motivos: ter acesso a dinheiro e imunidade. Ao ganhar poder de representante do povo, um político passa a ter acesso a dinheiro, gasto através de licitações e assim pode movimentar a roda e roubar dinheiro público. Este político poderia roubar dinheiro de várias formas:…

Felizes para sempre?

Só esta semana vi a série “Felizes para sempre?”. É um soco no estômago. A cidade que passei mais anos na minha vida foi Brasília. A série é mais um enorme feito do Fernando Meirelles. Mostra bem como Brasília funciona. A cidade criada por JK se perdeu em desvio de dinheiro público. Deve ter ocorrido…

Minha versão Black Mirror do Brasil

Imagine um episódio do Black Mirror. Para quem não conhece esta espetacular série inglesa, recomendo demais. Tem no Netflix. Ela mostra o lado negro da nossa sociedade e tecnologia em um futuro próximo e previsível. O Brasil de um futuro próximo aboliu o Congresso Nacional pelo excesso de corrupção e tentativas de uso da máquina…

E tanta coisa para mudar…

Estamos em época de mudanças. O governo tenta emplacar uma PEC, a 241, que limita os gastos do governo. Os que são a favor, eu inclusive, dizem que é necessária, pois o governo precisa parar de gastar mais do que arrecada. Os que são contra alegam que os gastos com educação e saúde serão reduzidos…

Idéia maluca

Aí pensei: e se virássemos uma quase anarquia? Quase nada de governo, reduzindo os impostos ao mínimo e cada um por si? Viraria selva e ferraria os mais pobres.

Porque as Universidades Federais vão mal e a quem isso interessa

Sou fã incondicional da UnB. Do espaço, do campus, dos prédios, da concepção e do propósito da Universidade.Estudei lá entre 1989 e 1995 quando me formei Engenheiro Mecânico e agora recentemente, entre 2009 e 2011 quando tentei fazer o Mestrado de Informática.Foi impossível, nesta volta à UnB, muito mais por nostalgia do que qualquer outra…