Kramer x Kramer

Vi este filme muito tempo atrás. Muito antes de me tornar adulto. Ele ganhou todos os Oscares importantes de 1980: melhor filme, direção, ator, atriz coadjuvante e roteiro adaptado.

Ele conta a história bem inusitada para a época em que um casal se separa e a mãe abandona o filho com o pai que não cuidava muito dele porque trabalhava demais. Eles apanham e se adaptam a vida juntos e sozinhos quando a mãe volta e tenta recuperar a guarda de volta na justiça.

Vendo de novo ontem, notei o quanto o filme é muito parecido com a minha vida recente. Eu me separei tem 4 anos. Minhas filhas não ficaram comigo, mas passei por muitas fases parecidas inclusive em tribunais.

Chorei 2x no filme o vendo novamente: na parte dos pontos e quando o pai explica ao filho de 7 anos que ele irá morar agora com a mãe.

Dói muito cuidar de um filho quando se separa da mãe e não há diálogo. O filme termina de uma forma diferente como minha vida está hoje. Quando criança eu nutri uma simpatia pelo pai que aprendeu a conviver com o filho e superou diversos problemas, inclusive os preconceitos. É duro ter forças todos os dias mas quando olhamos nossos filhos entendemos de onde arrancamos uma força que sequer sabíamos que existia.

http://www.imdb.com/title/tt0079417

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s