Esperança

Esperança é uma palavra muito forte e muito filha da puta.

Sim, sou desbocado. Só não sou na frente das minhas filhas ou em ambiente muito formal. Acostume-se.

Eu vivo num país que não é a minha cara. Não sambo, não gosto de pegar sol, não gosto de ir a praia, não gosto de carnaval, não gosto de multidão, não gosto de suar e principalmente não gosto de gente cretina.

Ah, cretinos tem no mundo inteiro.

Em partes.

O tipo de cretino que não gosto é aquele que acha que roubar um pouquinho ou muito, tá tudo bem. Tirar dinheiro de hospital, vacina, escola, merenda a merda que for, tá valendo. Ninguém vai notar. Ninguém vai morrer por falta de gaze ou de uma fruta no colégio.

Gostaria de estar informando meu camarada, que vai morrer sim. Morre todos os dias. Morre a esperança de termos um país justo. Morre o pobre que vai roubar por não ter outra opção na vida. Morre o intelectual ofendido na rua por pseudo-coxinha-politizado e principalmente morre o empresário que tinha um sonho na vida e se afoga na nova lei do ICMS.

Este país, como muito bem disse Tom Jobim, meu amigo, não é para amadores.

Eu sou um amador.

Amador em fazer babaquice. Amador em roubar dinheiro dos outros. Amador em dar a porra do jeitinho quando todos deveriam seguir a regra tão complexa criada pelos nossos formidáveis políticos presididos por um babaca em ambas as casas e sancionada por uma escrota que se diz economista e nos enfiou na maior trosoba econômica dos últimos 20 anos.

Este país não é realmente para amadores meu amigo.

Não sei virar babaca, não sei roubar e não sei dar jeitinho. Eu sei é fazer a coisa do jeito certo, forma não muito apreciada por aqui, o que me torna um dinossauro obsoleto.

Ah, vai pra Miami diria um mané qualquer.

Sim, e faço o quê com as minhas filhas? Elas, sim, de nada têm culpa. Infelizmente nasceram aqui e são brasileiras. Não posso sair agora.

Um dia vai dar e honestamente, irei sem ter a menor saudade de um país falido moralmente, decadente por natureza e podre por dentro.

Desculpe o desabafo, mas já tava preso e é melhor não prender este tipo de coisa. Melhor é por pra fora.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s